O CORONAVÍRUS E AS MÁSCARAS

O CORONAVÍRUS E AS MÁSCARAS

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Joaquim se adaptou bem depois da chegada do coronavírus no Brasil.
Comprou várias máscaras e passou a usar quando saia de casa.

Mas, diferentemente dos seus vizinhos, comprou máscaras de diferentes cores. Sete cores para ser mais exato.
Seria sete por conta de ser o número da perfeição? (Perguntaram os vizinhos)
Respondeu que não.

Joaquim não escolhia as cores aleatoriamente.
Azul era quando estava pensativo.
Preto quando estava triste.
Vermelho quando agressivo.
Amarelo era a máscara da alegria
Branco da calmaria
Verde da esperança por dias melhores
Laranja era a vestimenta da agitação.

Falaram com ele que era uma perda de tempo ficar escolhendo cada cor de máscara no início da manhã.
Mas ele retrucou: -Minha personalidade é um somatório dessas várias mascaras.

O coronavírus não tem personalidade
Mas o ser humano tem!
Preservar essa personalidade é preservar a esperança!
Ao se preservar a esperança, preserva-se a vida!

Use máscaras! Sejam elas tradicionais ou à sua cara!
Todos juntos contra o COVID19!

Dr Luiz Alberto Bomjardim Pôrto

 

MÁSCARAS

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Fique por dentro das últimas novidades